“mitos” da maquiagem

Quem nunca se perguntou sobre algumas “verdades” do mundo da maquiagem? Sempre temos algumas dúvidas ou nos pegamos acreditando em certos mitos que não sabemos nem de onde vem (ou se tem) fundamentos. Pra começar, vamos enumerar algumas questões sobre o assunto…

 A cor da sua base
Você até hoje está em crise existencial porque não acertou seu tom de base mas jura que escolheu exatamente a cor do seu rosto? Querida, não se desespere, isso é mais que normal. A cor da base, na verdade, tem que ser escolhida olhando mais para o resto do corpo do que para o seu rosto. Nosso rosto tende a ser mais claro que o resto do corpo pois nós, geralmente, o protegemos mais, lavamos mais. Preste atenção, no tom da sua pele (amarelado, rosado, frio) – se você não sabe reconhecer sua cor em você mesma, vai ser difícil reconhecê-la num produto. Então, não esqueça, na hora de escolher sua base, procure olhar mais para o seu colo para, enfim, acertar!

Corretivo mais claro esconde as olheiras
Olheiras são o problema de 99,9% das mulheres e, acredito eu, o ponto que exige mais cuidado na hora da maquiagem. Quem não já se deparou com o panda-way-of-life? O estilo panda é a tentativa frustrada de apagar as olheiras, pois muitas vezes pensamos: ora, se minha olheira é escura, é só eu aplicar um tom claro em cima pra esconder, ok? Não no mundo real, onde as cores interagem.
O que você quer não é destacar as olheiras tornando-as mais claras, e sim criar um tom uniforme na pele. O começo de toda a interação amorosa da sua pele com os produtos de maquiagem reside na base. Escolha uma que seja correta para o tipo e tom da sua pele – vide o primeiro tópico. Depois da base, você pode usar o trucão do iluminador ou corretivo rosado somente na parte escura da olheira (nada de passar até na bochecha, gata) – e, atenção: a aplicação é feita com pequenas batidinhas, não espalhe, deposite com o dedo ou com um pincel. O rosa tem esse poder mágico de anular o tom escuro da olheira TCHARAM!
Você pode descobrir o que se adapta melhor ao seu rosto, testando camadas de produtos (base + corretivo + iluminador).

Pó na boca “segura” o batom
Vai pra balada e quer que seu batom dure mais? Colega, tem um truque muito fácil e que muitas meninas não acreditam. Pó facial! Isso mesmo, garotas, vocês não leram errado. Passar pó na boca antes do batom ou dar batidinhas de pó na boca depois de passar o batom vai fazer com que o seu batom fique com um efeito matte e, consequentemente, dure muito mais.

Lavar os pincéis
Você nunca botou seus pincéis de maquiagem pra tomar banho e acredita que as espinhas e possíveis alergias que aparecem no seu rosto são por causa da maquiagem? Amiga, tá tudo errado. Os pincéis PRECISAM ser lavados com uma certa frequência pois eles acumulam fungos e bactérias que vão passar para o seu rosto e para os seus olhos e podem causar efeitos indesejáveis. É questão de saúde lavá-los muito bem (e deixá-los secar muito bem também). esse assunto será aprofundado em breve

 Espinhas
“Estou cheia de espinhas e é tudo culpa da maquiagem!” Querida, como nossa aliada nos apunhalaria pelas costas? O que, na verdade, pode ser a melhor amiga das espinhas é a falta de uma boa limpeza na pele para tirar a maquiagem. Remover TODA a maquiagem ao final do dia é essencial pra sua pele ficar sempre com o aspecto de riqueza e poder. Além da maquiagem, você vai estar removendo as impurezas, oleosidade, poeira… Todas as amigas das espinhas. Além disso, não dá pra esquecer, que espinhas são causadas também por fatores hormonais (TPM feelings) e esses, infelizmente, nós não controlamos. O essencial é manter sempre sua pele bem limpa (usar sabonete específico para o rosto) e hidratada.

Compartilhar maquiagem pode causar doenças?
É, amigas, infelizmente isso é verdade. Por mais legal e interessante que seja emprestar e pegar emprestado essas maravilhas é um perigo (pode soar o sinal de alerta). Eu já ouvi casos de que um grupo de amigas inteiro pegou conjuntivite por um rímel compartilhado. Não importa o quão próximas vocês sejam, não importa nem se compartilham o mesmo DNA, não pode! Principalmente rímel, lápis de olho e as maquiagens mais pra área dos olhos pois, inegavelmente, os olhos são mais sensíveis que a nossa pele, mais fácil de haver contaminação, principalmente em produtos líquidos, que são um meio de cultura maravilhoso pras bactérias.

E aí, pessoal, algum outro mito? Quais em desses vocês acreditavam e quais não acreditavam? 😉

Anúncios

4 respostas em ““mitos” da maquiagem

  1. Oi meninas !!!
    Adorei a novidade do blog, apesar de achar minha sista uma traidorazinha por não ter me contado nada… #tôdemal
    Já pasei algumas dicas construtivas pra Marina e espero que ajudem voces a tornarem este canto bem a cara de cada uma.
    Muiito sucesso!!!
    Um beijo

  2. Pois sim Bia, a formiga passou na tua frente foi!!!!!!! Kd o seu, sai ou não sai?
    Mas como disse a Bia, sucesso ai nessa nova fase de blogueira.

  3. Adorei amigas, continuem nessa linha de postagem, muito legal! E sejam gentis com as leitoras que não possuem condições de comprar aqueles produtos caros!: ) SORTE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s