Vestuário Masculino

O assunto agora é sério. Seríssimo. Um alerta, apelo, um grito desesperado: o vestuário masculino. Ou melhor: os erros no vestuário masculino. Ok que nós mulheres temos o gene da vaidade, mas ser homem não é desculpa pra não ser vaidoso ou, no mínimo, preocupado. Não somos gurus da moda mas pelo que entendemos de “bom senso” algumas escolhas masculinas nos preocupam bastante.

Vamos à lista:
1. Blusa listrada + bermuda xadrez
Quem foi que falou que isso é bonito? Não é nem harmônico aos olhos. São listras demais e bom senso de menos. Sério, não dá. Ou é uma coisa ou outra, os dois juntos NEM PENSAR.  (imagem12)

2. Sunga branca
Convenhamos: sunga não fica bem em todos os homens. Sunga branca não fica bem em nenhum. É brega e dá nojo. (imagem)

3. Sapato social + meia esporte
Não preciso nem dizer que misturou os estilos né, amigas? Tá escrito. Está bem na cara que não ia ficar legal e, mais especificamente, muito triste, um horror. Ficamos combinados assim: Sapato social com meia social (aquelas mais fininhas).

4. Tamanho errado de blusa
Tem homem que veste G e teima em usar blusa P pra dar aquele efeito ilusório de “apertadinha nos braços”, sinônimo (para eles) de músculos torneados. Eu me recuso a fazer mais comentários sobre isso. Triste, muito triste. De dar dó.

5. Blusa com muitos desenhos, detalhes, pinturas
Você não é uma alegoria de carnaval, ok? Você é um homem, XY! Dá desgosto de ver um homem com uma blusa cheia de informação. Poluição visual.. NOT!

6. Blusa com o nome da marca bem grande
Ao menos que se trate de um garoto propaganda, ninguém precisa saber qual a marca da sua roupa assim tão deliberadamente.

7. Bermuda jeans
A versão piorada desse item (acredite que pode piorar) é quando o XY pendura a chave do carro na bermuda. Sem comentários.

8. Calça colada
A menos que você queira ser uma nova versão do Zezé di Camargo, calça colada não rola. Ninguém quer ver suas pernas marcadas na calça… Não mesmo.  (imagem)

9. Blusa social desabotoada até o peito
Não, ninguém, definitivamente NINGUÉM quer ver os pêlos do seu peitoral. Por favor, poupe-nos dessa visão e abotoe direitinho a camisa, ok?

10. Não é vestuário mas eu precisava falar: Corte de cabelo estilo Neymar
Você não é um galo campina, então corte seu cabelo feito gente normal. Nem o Caio Castro ficaria bonito com esse corte de cabelo.. E olha que ele não precisa nem se esforçar pra ser lindo. Até com uma melancia na cabeça ele é a coisa mais linda do mundo.  (imagem)

11. Regata
Quem foi que disse que essa exibição física é uma coisa apreciável? É algum tipo de autoafirmação? Porque não tem outra explicação para o uso da mesma. Regata só é permitido em micareta e academia porque não tem outro jeito. Não tem explicação pra homens vestidos dessa forma no dia a dia ou numa festa (top trash). Não dá. Tem como piorar? Tem sim. Se a regata for colada. Aí não dá, é atestado de breguice. Peço minhas contas, juro!

E aí, meninas, vocês concordam? E o que mais vocês desaprovam dos homens, ein?

VMA 2011

E aqui começamos os comentários sobre os looks do VMA 2011!
Adele – gente, a Adele é demais, mas essa vibe de só usar preto e cantar músicas pra coração partido as vezes cansa. Ela podia ter escolhido um vestido menos básico, já que tinha muitas indicações pra ganhar prêmios, mas pra não detonar a moça, vamos dar o mérito pra esse perucón lindo e volumoso!
Demi Lovato – Essa moça resolveu valorizar seus atributos, né? Mas vamos e convenhamos, o vestido é lindo e a maquiagem também, a harmonia do look completo ficou bonita e o cabelo não atrapalhou em nada.
Katy Perry – Cabelo inspirado na sereia Ariel, tenho certeza. O vestido meio gueixa ocidental não me agradou tanto. Adorei a sandália. E .
Kelly Rowland – Achei o look muito adequado pro evento, um vestido curto e de mangas compridas com muita emoção. Tem penas, tem tachas perua feelings, mas não está nada over!
Nicki Minaj – Quis fazer a Gaga (que por sinal, bombou na sua persona macho-man!). Informação demais, nexo de menos.
Vanessa Hudgens – Amega, que cabelo é esse? De onde isso saiu? Mas olha, adorei a maquiagem, adorei mesmo.

“mitos” da maquiagem

Quem nunca se perguntou sobre algumas “verdades” do mundo da maquiagem? Sempre temos algumas dúvidas ou nos pegamos acreditando em certos mitos que não sabemos nem de onde vem (ou se tem) fundamentos. Pra começar, vamos enumerar algumas questões sobre o assunto…

 A cor da sua base
Você até hoje está em crise existencial porque não acertou seu tom de base mas jura que escolheu exatamente a cor do seu rosto? Querida, não se desespere, isso é mais que normal. A cor da base, na verdade, tem que ser escolhida olhando mais para o resto do corpo do que para o seu rosto. Nosso rosto tende a ser mais claro que o resto do corpo pois nós, geralmente, o protegemos mais, lavamos mais. Preste atenção, no tom da sua pele (amarelado, rosado, frio) – se você não sabe reconhecer sua cor em você mesma, vai ser difícil reconhecê-la num produto. Então, não esqueça, na hora de escolher sua base, procure olhar mais para o seu colo para, enfim, acertar!

Corretivo mais claro esconde as olheiras
Olheiras são o problema de 99,9% das mulheres e, acredito eu, o ponto que exige mais cuidado na hora da maquiagem. Quem não já se deparou com o panda-way-of-life? O estilo panda é a tentativa frustrada de apagar as olheiras, pois muitas vezes pensamos: ora, se minha olheira é escura, é só eu aplicar um tom claro em cima pra esconder, ok? Não no mundo real, onde as cores interagem.
O que você quer não é destacar as olheiras tornando-as mais claras, e sim criar um tom uniforme na pele. O começo de toda a interação amorosa da sua pele com os produtos de maquiagem reside na base. Escolha uma que seja correta para o tipo e tom da sua pele – vide o primeiro tópico. Depois da base, você pode usar o trucão do iluminador ou corretivo rosado somente na parte escura da olheira (nada de passar até na bochecha, gata) – e, atenção: a aplicação é feita com pequenas batidinhas, não espalhe, deposite com o dedo ou com um pincel. O rosa tem esse poder mágico de anular o tom escuro da olheira TCHARAM!
Você pode descobrir o que se adapta melhor ao seu rosto, testando camadas de produtos (base + corretivo + iluminador).

Pó na boca “segura” o batom
Vai pra balada e quer que seu batom dure mais? Colega, tem um truque muito fácil e que muitas meninas não acreditam. Pó facial! Isso mesmo, garotas, vocês não leram errado. Passar pó na boca antes do batom ou dar batidinhas de pó na boca depois de passar o batom vai fazer com que o seu batom fique com um efeito matte e, consequentemente, dure muito mais.

Lavar os pincéis
Você nunca botou seus pincéis de maquiagem pra tomar banho e acredita que as espinhas e possíveis alergias que aparecem no seu rosto são por causa da maquiagem? Amiga, tá tudo errado. Os pincéis PRECISAM ser lavados com uma certa frequência pois eles acumulam fungos e bactérias que vão passar para o seu rosto e para os seus olhos e podem causar efeitos indesejáveis. É questão de saúde lavá-los muito bem (e deixá-los secar muito bem também). esse assunto será aprofundado em breve

 Espinhas
“Estou cheia de espinhas e é tudo culpa da maquiagem!” Querida, como nossa aliada nos apunhalaria pelas costas? O que, na verdade, pode ser a melhor amiga das espinhas é a falta de uma boa limpeza na pele para tirar a maquiagem. Remover TODA a maquiagem ao final do dia é essencial pra sua pele ficar sempre com o aspecto de riqueza e poder. Além da maquiagem, você vai estar removendo as impurezas, oleosidade, poeira… Todas as amigas das espinhas. Além disso, não dá pra esquecer, que espinhas são causadas também por fatores hormonais (TPM feelings) e esses, infelizmente, nós não controlamos. O essencial é manter sempre sua pele bem limpa (usar sabonete específico para o rosto) e hidratada.

Compartilhar maquiagem pode causar doenças?
É, amigas, infelizmente isso é verdade. Por mais legal e interessante que seja emprestar e pegar emprestado essas maravilhas é um perigo (pode soar o sinal de alerta). Eu já ouvi casos de que um grupo de amigas inteiro pegou conjuntivite por um rímel compartilhado. Não importa o quão próximas vocês sejam, não importa nem se compartilham o mesmo DNA, não pode! Principalmente rímel, lápis de olho e as maquiagens mais pra área dos olhos pois, inegavelmente, os olhos são mais sensíveis que a nossa pele, mais fácil de haver contaminação, principalmente em produtos líquidos, que são um meio de cultura maravilhoso pras bactérias.

E aí, pessoal, algum outro mito? Quais em desses vocês acreditavam e quais não acreditavam? 😉

Olá,

este é o Thanks God, I’m a Girl!

Este blog, como tantos outros, surgiu da idéia de compartilhar. Apesar de vivermos num mundo supersaturado e cheio de informação, a nossa intenção é poder mostrar um pouquinho das coisas que nos inspiram e despertam curiosidade, matando um pouco dessa “ansiedade” por dicas, opiniões, detalhes…
Queremos falar um pouco sobre tudo o que nós adoramos e o que achamos que outras pessoas também podem adorar! Compartilhar é legal e aproxima as pessoas, por isso vamos tentar começar algo novo aqui e esperamos que todos que leiam gostem 🙂
Os assuntos abordados vão ser os mais diversos, desde maquiagem até música, comida, filmes, moda e dicas da vida prática. Nós pretendemos dar a visão feminina sobre os mais variados assuntos, desbravar até o universo masculino (mares nunca dantes navegados hahaha), de forma simples e irreverente.

Sejam todos bem-vindos ao nosso cantinho!
Beijos,
Catharine, Érika, Maísa e Marina